DIÁCONO JÚLIO FARIA

N. 03-02-1940 F. 11.09.2020

Eram oito horas da manhã quando o telefone tocou. O tom de voz, vindo da Alsácia francesa, era claro e anunciava o pior: «o meu pai morreu esta madrugada às 5.00», dizia-me um dos filhos do «nosso» diácono Júlio.

Tinha sido hospitalizado.

A Bina, sua esposa, chorosa ao telefone dizia-me que ele tinha manifestado vontade de ser sepultado em Barcelos, a sua querida terra, aonde voltava sempre com imenso orgulho e se relacionava facilmente com todos.

Quem não se lembra dos seus «saltos» alegres na noite de Páscoa a gritar com todas as forças a ressurreição de Cristo? E a alegria que transmitia ao presidir, ano a ano, ao Compasso pascal, entrando com todo o seu àvontade nas casas dos barcelenses, que bem conhecia e estimava?

Fica-nos a dor da sua partida. Mas fica-nos sobretudo a memória de um homem servidor (diácono) do EVANGELHO da alegria.

Ao Júlio dizemos um «até logo», na certeza da mesma fé que o animou ao longo da sua existência de que o nosso fim terreno coincide com o nosso princípio de vida em plenitude nos braços de Deus Pai misericordioso. Ele deu já o maior «salto» de alegria porque crente na Ressurreição de Jesus. O «salto» de um homem de baixa estatura, aquele que nós presenciávamos, tornou-se agora o  salto de um gigante, ao passar do terreno ao celestial.

À Bina, sua esposa, aos filhos e netos e restantes familiares, a certeza da nossa presença espiritual comungando da dor da sua partida.

Aguardamos, e disso daremos informação, comunicação das exéquias a celebrar na Igreja Matriz, após aquelas que, certamente, acontecerão na diocese de Mulhouse (França) em cujo presbitério estava incardinado como diácono permanente.

Publicado em 2020-09-11

Notícias relacionadas

CONSELHO ECONÓMICO

Agradecimento

A PARÓQUIA AGRADECIDA

Foi à 18 anos.

Carta Pastoral de D. José Cordeiro, Arcebispo Metropolita de Braga.

"Juntos, somos Igreja sinodal samaritana. Onde há amor, aí habita Deus."

VAMOS ACOLHER A SENHORA DA FRANQUEIRA

6 de Agosto de 2022

RESTAURO DE ALTARES E IMAGENS

Necessidade de intervenções

CRISMA INTER-PAROQUIAL

2 de Julho de 2022

desenvolvido por aznegocios.pt